Contra o ódio da esquerda, brasileiros saem em defesa de Bárbara

0
1091

Da inveja ao ódio

 

Não tem como fechar os olhos para as perseguições promovidas pela esquerda contra o conservadorismo. O que é pior, essas perseguições seguem apenas subindo de tom como em degraus na escada de ódio cujo topo se converte em total censura contra quem ousa se opor à ditadura de opinião promovida pela esquerda.

Este é o caso da produtora de conteúdo, Bárbara, do canal “Te Atualizei”. O padrão é o mesmo; se inicia com um insulto ou piada e segue evoluindo para uma construção cada vez mais elaborada rumo a uma narrativa que ganha caráter jornalístico.

 

Em se tratando de política, o Twitter se tornou a mais importante rede social no Brasil. Isso graças à sua arquitetura especialmente construída para permitir troca de informação de maneira rápida e eficiente. O Twitter, depois de ter perdido adeptos para plataformas mais alinhadas com a direita, resolveu agir e forneceu um selo de verificação para Bárbara como uma demonstração de “boa vontade” para a direita. No entanto, tal atitude não foi aceita pela esquerda, que passou a atacar indiscriminadamente a honra da produtora de conteúdo. A ponto do Ministério Público Federal solicitar junto ao Twitter, quais são os critérios que são utilizados para verificação de usuários.

 

O curioso é que o critério de verificação serve apenas para dar idoneidade à conta e evitar que outros usuários se aproveitem da popularidade de pessoas famosas e promovam fraudes ou golpes com contas duplicadas. No entanto, esse era um privilégio ostentado apenas por ativistas de esquerda.

Bárbara não só tem carisma como é uma exímia comunicadora e possui rápidas e inteligentes respostas, que deixam qualquer perseguidor acuado e intimidado a dar cabo numa investida direta contra ela. Tais qualidades, ao mesmo tempo que aproxima admiradores, também suscita ódio e inveja daqueles que não possuem as mesmas aptidões retóricas que ela.

 

Independentemente de sua inquestionável capacidade de se defender com muito humor e inteligência, o que está acontecendo com alguém de tamanha popularidade é apenas uma amostra do que se espera contra a massa conservadora menos popular que ela. Esse exemplo também mostra a que veio a esquerda e do que ela será capaz de fazer quando as eleições baterem a porta.

Portanto, a nossa manifestação em defesa da Bárbara não deve ser apenas um gesto de solidariedade, mas uma prática que todo conservador deverá ter frente a poderosa máquina socialista de moer reputação. Ou a direita se une ou será muito difícil sobreviver ileso contra quem tem método, dinheiro e poder, ainda que seja minoria no país.