Ditador Eduardo Paes volta atrás sobre exigência de passaporte sanitário para táxi, shopping e carro de aplicativo depois de pressão do povo

0
509

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, voltou atrás sobre decreto que incluiu táxis, shoppings e carros de aplicativo nos estabelecimentos e serviços que precisam exigir comprovantes do passaporte sanitário. Depois de muita pressão da população, o ditador disse que houve um exagero e na sexta-feira (3) um novo decreto vai ser publicado com o ajuste.