STJ manda soltar Gordão do PCC, comparsa de André do Rap

0
657

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça determinou a soltura de Fábio Dias dos Santos (foto), de 35 anos, vulgo Gordão, apontado pela polícia e pela Promotoria como um dos principais chefes do PCC e do tráfico de drogas da Baixada Santista.

Os ministros da Sexta Turma do STJ entenderam que houve excesso de prazo da prisão preventiva depois de um julgamento de pessoa que respondeu a mesma ação penal – também por excesso na prisão.

O homem havia sido preso em 2017 em Peruíbe, no litoral de São Paulo. Ele era procurado pela Interpol por fazer parte de uma organização criminosa investigada pela Polícia Federal desde 2013, no âmbito das Operações Hulk e Oversea, que tinham como foco o tráfico de drogas via o Porto de Santos. Havia mandados de prisão contra ele em 52 países.

Gordão estava preso na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, onde ficam concentrados presos suspeitos de ligação com o PCC. Ali também estava o seu comparsa André do Rap, antes de conseguir um habeas corpus, expedido por Marco Aurélio Mello, em outubro do ano passado, e fugir na sequência.